travessia 14 bis,travessia,santos-bertioga


PÁGINA INICIAL

DESCRIÇÃO DA PROVA

VENCEDORES

RESULTADOS

PERGUNTAS FREQUENTES

FOTOS

VÍDEOS

FALE CONOSCO

tábuas das marés

Perguntas idiotas respostas cretinas
                      
Para sua diversão, preparamos uma sessão de perguntas e respostas “de alto nível”. É sempre bom relaxar antes de uma 14 Bis.

1. Cansa muito nadar a 14 Bis?
Não, Pedro Bó. O que cansa é ouvir exatamente a mesma piadinha de seus amigos e familiares sobre a sua travessia: “Nossa, só de pensar já estou cansado...”.

2. Durante a prova, é normal pensar “O que estou fazendo aqui?”
Sim, é absolutamente normal. Quando isso ocorrer, responda imediatamente “Sou um idiota que entrou nessa roubada, e agora não tenho mais nada a fazer senão continuar nadando”.

3. O atleta sente muita fome durante a prova?
Sim. Principalmente quando ele olha para cima e vê o barqueiro comendo sanduíche de presunto com Coca-Cola.

4. “Acho que vi um jacaré no canal. Estou delirando?”
Não. Realmente existe um jacaré no canal. Se o avistar, não precisa nadar mais rápido, ele não é seu adversário e nunca se inscreveu para a prova.

5. Que cheiro estranho... Será que o barqueiro está com gases?
Pode ser. Mas também existem dois pontos críticos no canal. No início do percurso, com os dejetos da região de Monte Cabrão, e depois com o gás que o mangue exala. Em todo caso, culpe sempre o barqueiro.

6. Estou estressado. Posso xingar o barqueiro?
Com certeza. Principalmente se ele estiver comendo sanduíche e bebendo suco ou refrigerante na sua frente.

7. Barqueiro também fica estressado?
Sim. Mas lembre-se: enquanto ele só sente dor na bunda de ficar sentado, você tem dores em todos os músculos do corpo. Por isso, 1 x 0 para você.

8. Acho que vou morrer. Será que devo parar?
NUNCA. Esta é só a primeira fase do cansaço. Primeiro, você pensa que vai morrer. A segunda fase é quando você PEDE para morrer.

                               

voltar



Prefeitura de Bertioga
Prefeitura de Guarujá
Superação no Canal da Mancha
Academia Atlantis